9 de outubro de 2010

'

Meu bem, não quero te fazer sofrer. Não quero te fazer mal, mas eu estou mudando e preciso seguir sozinha. Não foi escolha minha. Não, eu não estou te abandonando e nem fugindo.
Eu só estou crescendo, é uma força que vem de dentro, é mais forte que eu.
Hoje a chama que está no meu peito não me esquenta como antigamente. Ela está me queimando. Guardei todos os abraços, beijos e cheiros só pra mim. Guardei os segredos, os medos, só pra mim. Guardei os sonhos, os planos pro futuro, só pra mim.


(Paula Câmara Ferreira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário